Contos e Crônicas por Charles Silva

Descrição

  
Escritor Atualizado 5 meses atrás
Idioma Portuguese Leituras 35952
Categoria

Contos

Curado

information
Este ebook foi avaliado por curadores selecionados pelo time do Widbook.
Publicado Mai 09, 2014 Popular

Status Completo

Gostaram do livro Contos e Crônicas

Ver todos (9)

Adicionaram Contos e Crônicas à Coleção

Ver todos (9)

Linha do tempo de Contos e Crônicas

Versão impressa já a venda. Acesse o link abaixo https://clubedeautores.com.br/book/167063--Contos_e_Cronicas#.VZbyD1IoGB3
3 de Julho de 2015 às 20:45
Alguns de seus belos contos já tinha lido no face ou no Recanto das Letras mais foi um prazer reler e apreciar outros igualmente encantadores. Parabéns e um forte abraço.
Charles Silva 29 de Novembro de 2014 às 23:55 Grato Jô, grande abraço.
9 de Novembro de 2014 às 14:32
Oi Charles. Fiquei muito tocada com o Conto do Pé de Graviola, acabei de ler. Gostei muito. Mexeu comigo, me deixando triste e angustiada. Muito bom. Parabéns. Abraços.
Charles Silva 26 de Agosto de 2014 às 13:58 Muito grato, abração.
25 de Agosto de 2014 às 13:51
Estou gostando das suas histórias. Adorei a da Mulher que virava peixe e a da professorinha substituta também. Abraços.
16 de Agosto de 2014 às 16:30
Interessante, de leitura agradável.
18 de Maio de 2014 às 01:09
Estive lendo "Contos e Crônicas", de Charles Silva. A crônica de abertura "A Cantora", passa a emoção que envolve o leitor e, sobretudo, a subjetividade, que imprime a marca estilística peculiar aos grandes escritores. Uma delícia, os textos curtos: "O Dom de Ver", "Confuso" e "Garras Afiadas". Esperamos, breve, o livro na versão comum, em tinta. Parabéns!, amigo Charles Silva! Luiz Carlos Dias
14 de Maio de 2014 às 12:35
e isso aih man, muita saude e paz nessa sua jornada. abc
12 de Maio de 2014 às 15:01
O poder da Criação Todos os dias eu escrevo. Tornou-se uma prática diária, mas não um trabalho enfadonho. Escrever sobre coisas diversas, sobre amores e paixões, emoções que vivi e vivo. Para mim os dias se escrevem, eu sou apenas o veículo ou mecanismo usado para transcrever o que os dias querem escrever. Parece haver coisas e temas que vivem num universo imaginário, e querem ou têm a necessidade de que alguém as identifique, as coloque em alguma linguagem inteligível. É incrível, toda manhã, ao sentar diante do meu computador, minha mente ferve, borbulha, milhões de palavras e frases desconexas me chegam a todo instante. Bastam apenas alguns segundos de concentração, de silêncio interior para que meu estado de espírito se mostre e domine minhas mãos na ação de escrever. Em instantes ultrapasso a barreira de ser o mero observador, para atingir o estágio de ser o próprio criador. É mágico e emocionante o poder da criação. Charles Silva
9 de Maio de 2014 às 22:42
Tenho mil contos para publicar, esperando uma editora patrocinadora.
9 de Maio de 2014 às 19:46