Subterfúgio: não há tempo para pensar por Aryta Mancini

Descrição

  
Escritor Atualizado um ano atrás
Idioma Portuguese Leituras 506
Categoria

Fantasia

Curado

information
Este ebook foi avaliado por curadores selecionados pelo time do Widbook.
Publicado Ago 18, 2015 Popular

Status Amostra

Gostaram do livro Subterfúgio: não há tempo para pensar

Ver todos (13)

Adicionaram Subterfúgio: não há tempo para pensar à Coleção

Ver todos (13)

Linha do tempo de Subterfúgio: não há tempo para pensar

já adorei, amando essa história <3!!! pensei que elas fossem gemias, adoro personagem gêmeos, creio que em toda as minhas histórias terá um ou dois personagens gêmeos... e que interessante, tenho duas amigas irmãs que completam ano na mesma data, mas n são gemias.
25 de Junho de 2016 às 01:04
Parabéns pelo livro. Dá gosto de ler, bem escrito.
9 de Abril de 2016 às 00:29
Muito legal, Aryta. Li apenas até o 3, gostei da escrita leve e da inovação. Sucesso!!!!
8 de Outubro de 2015 às 22:29
Aryta, terminei o capítulo 6. Vou te dizer uma coisa: ri demais com a história dos livros! Se tirarem meus livros de ordem, eu percebo automaticamente, igual a Nina. Estou adorando a leitura! Muito fluida e rápida. ;)
Aryta Mancini 3 de Setembro de 2015 às 20:08 Que ótimo! Muito feliz! M. Sousa Isso da Nina eu peguei emprestado de mim e agora sei que de você também. Será que tem muita gente doida assim como nós? hahaha
M. Sousa 3 de Setembro de 2015 às 21:59 Provavelmente tem, viu!
3 de Setembro de 2015 às 13:41
Recebi sua mensagem e para variar não consegui responder, então vou postar aqui. Ficou ótimo a definição do título no prólogo. Continuo te mandando as sugestões. Acho que essa semana vou postar mais dois capítulos. Boa noite, nos falamos amanhã. Abraço.
Aryta Mancini 3 de Setembro de 2015 às 20:06 Então, esquece esse negócio de aplicativo, Rafael! hahaha. Está te confundindo muito. Manda por e-mail mesmo ou comenta aqui quando não for nada sobre seu livro. Beijos!
3 de Setembro de 2015 às 04:45
Olá, Aryta! Os capítulos novos estão show! Estou um pouco sem tempo e li tudo! Gostaria de fazer comentários mais profundos aqui, sooo, prometo que volto em breve para isso! Só um destaque por hoje - Incrivelmente original a sua criação! Obrigado por todo o carinho e atenção.
Aryta Mancini 1 de Setembro de 2015 às 15:58 Oi Rafael! Que bom que gostou, seu interesse me deixa muito feliz! Obrigada pelo "original": que bom! A gente sempre acha que é original, né? Porque ouvimos e assistimos tantas coisas, que foi difícil criar a história sem deixar outras "invadirem". Quando precisar e eu puder colaborar com alguma coisa, é só falar. Beijos
1 de Setembro de 2015 às 03:22
Oi, Aryta! Li a sua história até o segundo capítulo e já adicionei à minha seleção. Aliás, foi a primeira obra no widbook a fazer parte da minha coleção!kkkkkkk Como respondi a você no seu comentário, eu gostei muito da sua sinopse e quero saber mais sobre a vida da sua protagonista, principalmente a relação dela com as pessoas próximas. Se já é muito difícil ser alguém empática no mundo, imagine realmente sentir os sentimentos das outras pessoas? Estou muito curiosa e, com certeza, acompanharei as suas postagens. Beijos
Aryta Mancini 28 de Agosto de 2015 às 18:13 Muito obrigada, querida! A dica que me mandou, é ouro para mim. Espero que goste da história e consiga conhecer a "Nina". Foi pensando exatamente no que você falou que ela "nasceu", porque mesmo podendo ser um subterfúgio, na maior parte do tempo, sentir o que as outras pessoas sentem deixa a vida dela extremamente complicada. Amei o seu comentário e o fato de ter dedicado seu tempo lendo e me ajudando, isso é muito especial. Beijos!
28 de Agosto de 2015 às 13:50
Oiii! Acabei de ler todos os capítulos que você postou, estou AMANDO a história e apaixonada pelo Miguel! Rsrs. Sabia que escrevia bem como advogada mas não assim como escritora. Sobre o livro queria dizer que os capítulos que narram a relação do Miguel com a Nina são os melhores e eu fiquei completamente envolvida! As revelações do miguel para a Bianca estão sensacionais! Quando você pediu para eu fazer o perfil e ler seu livro, não sabia que ia ser tão bom! Estou lendo outros livros, de outros autores, tem muita gente boa por aqui. Parabéns! Quero mais!!!! Se não for postar me mostra pessoalmente! Rs. Mas tem que postar! Esta incrível!
Aryta Mancini 26 de Agosto de 2015 às 05:27 Oi Ana. Que bom que eu pedi para você ler! Estou muito feliz com o que você escreveu, minha intenção ao criar o Miguel era justamente fazer com que ele fosse apaixonante. Hahaha. Vou postar mais sim, tenho tudo pronto, mas, sempre modifico algumas coisas... Muito, muito, muito obrigada! Ah, que bom que você está lendo outros livros. Também estou. Veja os dos amigos que comentaram aqui, você vai gostar. Beijos
Missy Marple 27 de Agosto de 2015 às 18:47 Ebaaaaa!!! Amei muito as atualizações! Esta lindo!!!!!!!
26 de Agosto de 2015 às 05:14
Oi, Aryta. Gostei imensamente de sua história, e espero mais capítulos... Você escreve bem, de fácil leitura. Parabéns! Agradeço por seu interesse em meu livro, espero que se divirta.
Aryta Mancini 26 de Agosto de 2015 às 05:21 Oi Priscila. Muito obrigada por ler meu livro e dar um feedback. Estou lendo o seu e gostando bastante. Estou muito feliz por ter dedicado um pouquinho do seu tempo para ler o que eu escrevi. Obrigada!
26 de Agosto de 2015 às 01:17
Oi Aryta! Acabei de ler sua história. Duas coisas que me chamaram a atenção já de começo: o jeito que você escreve é bem claro e direto, gosto bastante deste tipo de escrita, flui muito bem!; outra, posso não te conhecer, mas acredito que a história tem bastante a ver com você mesma não? Pelos detalhes que você menciona e tudo mais, dá essa impressão! :P No mais estou curioso, tens que continuar! Quando sai mais? Beijos!
Aryta Mancini 25 de Agosto de 2015 às 02:48 Oi João! Na verdade, a história só tem relação com a minha vida pelo fato de eu ser advogada e minha irmã ser médica. Fora isso, é a minha imaginação misturada com lugares e pessoas que eu vi. :) Acabei de publicar um pouco mais. Muito obrigada pela sua opinião, fiquei muito feliz.
20 de Agosto de 2015 às 20:45